Vendas externas: dicas e práticas recomendadas para vender mais

Vendas externas: dicas e práticas recomendadas para vender mais

Toda estratégia de vendas precisa ser bem estruturada e contar com uma boa equipe de vendedores. Isso se torna ainda mais importante quando a empresa realiza atendimentos regionais e faz visitas em cliente, realizando vendas externas.

As vendas externas são aquelas em que a transação comercial é realizada fora da sua empresa. Ou seja, visitas ao cliente, almoços, reuniões, entre outros. Este tipo de venda acaba sendo mais complexa e exigindo mais preparação do vendedor, em contrapartida, são uma excelente forma de conquistar a confiança do potencial cliente.

Por isso, quem vende sistema de gestão, uma ferramenta que agrega muito valor ao cliente, pode trabalhar as vendas externas para oferecer um atendimento personalizado e diferenciado para seus clientes. Para lhe ajudar, criamos este artigo para compartilhar algumas dicas que vai lhe ajudar a definir boas práticas de vendas externas.

Fique atento a primeira impressão

Você já deve ter ouvido o ditado “a primeira impressão é a que fica”, que é muito válido para vendedores externos. Cuidar da apresentação é uma forma de ganhar a confiança do cliente, e isso inclui a forma como você se veste, fala, gesticula e se movimenta.

É preciso ter em mente que o vendedor representa a empresa, e precisa transmitir os mesmos valores que são prezados pela empresa. Isso significa alinhar vendedor e empresa, para que apresentem a mesma linguagem e comportamento.

Quando você começar a contratar vendedores externos, utilizar um manual de vendas pode ser muito útil para sua empresa. Trata-se de uma pequena cartilha, que mostrará aos seus vendedores como eles podem se comportar na frente do cliente e quais são os valores e objetivos da empresa.

Gerencie bem sua agenda nas vendas externas

Para que as saídas do vendedor externo sejam proveitosas, organizar bem o tempo é fundamental. É preciso controlar todas as ligações, conversas e agendar reuniões que otimizem o seu tempo.

Além disso, ser pontual é fundamental. Por isso, tenha um controle rígido da sua agenda, registre todos os compromissos, evite sobreposições de horários e considere o seu deslocamento. Assim você chega no cliente no horário marcado e evita que ele fique esperando.

Outro cuidado que pode auxiliar na gestão da sua agenda é a duração de cada conversa. Você deve considerar que em cada contato do cliente você possa explicar o motivo do contato e também eliminar as dúvidas do cliente, para só depois avançar para o próximo contato.

Negociar é fundamental

Às vezes uma única reunião pode ser o suficiente para finalizar sua venda externa, em outros casos não. Por isso, é essencial que o vendedor esteja preparado para aproveitar todas as oportunidades que surgirem e possa negociar com o cliente.

Confira algumas dicas para aproveitar bem as negociações:

  • Conheça o produto ou serviço que você está vendendo;
  • Desperte a atenção do cliente para a sua argumentação;
  • Reforce as vantagens e benefícios da compra;
  • Mantenha o controle sobre a conversa e ouça seu cliente atentamente;
  • Crie um fechamento direto e objetivo.

Foco no cliente

Todo o processo de vendas, seja interno ou externo, precisa ser focado no cliente. Ele é a parte que mais importa em todas as ações e ideias da empresa, e também deve ser o foco do vendedor.

Por isso, antes de visitar o cliente, procure conhecê-lo bem , identificar como o seu produto vai ajudá-lo e se antecipar a possíveis duvidas que ele venha a ter. Tenha em mente que cada contato realizado é uma oportunidade não apenas de fechar uma venda, mas também de fidelizar o cliente e fazer com que ele continue comprando da empresa por mais tempo.

Venda soluções

O cliente não gosta de vendedores chatos, aqueles que tentam empurrar o produto a qualquer custo. Não seja esse tipo de vendedor. Seja mais como um amigo, que vai ajudar o cliente a tomar decisões.

Visitar o negócio do cliente, conhecer suas dificuldades e estabelecer um relacionamento cordial vão te ajudar a identificar de que forma você pode avançar na negociação. E conforme estes avanços forem ocorrendo, você deve mostrar na prática como sua solução vai funcionar e deixar o cliente confortável para decidir.

Pronto para começar?

Para colocar nossas dicas em prática, você pode vender o seu próprio ERP. Com o Venda ERP você pode comercializar um sistema pronto, com a sua marca e cores. Além disso, você não precisa se preocupar com manutenção e infraestrutura, e pode definir a margem de lucro que quiser. Não perca esta oportunidade!

Considerações finais

As vendas externas exigem muito dos vendedores, pois são complexas e algumas vezes podem não ser tão produtivas quanto às vendas por telefone. Para contornar essa situação, aproveite todas as conversas com o potencial cliente para definir estratégias que vão lhe ajudar a fechar negócio.

CTA para conhercer o Venda ERP

Artigos Relacionados