Inside Sales: o que é e como implementar na sua empresa

Inside Sales: o que é e como implementar na sua empresa

Conhecer diferentes processos e estratégias de vendas é fundamental para que o seu negócio prospere. Afinal, independentemente do seu segmento, você pode notar que a concorrência tem ficado cada vez mais acirrada e o seu público-alvo mais exigente.

É nesse sentido que propomos o presente artigo. Nele abordaremos o conceito de Inside Sales. Assim, você poderá entender como funciona esse processo e como implementá-lo na sua empresa.

Mas o que é Inside Sales?

Antes de mais nada, cabe explicar o conceito deste termo. De origem inglesa, Inside Sales, ao ser traduzido para o português significa “vendas internas”. Mas espera aí! Como funcionam essas vendas internas?

Esse conceito vem sendo aplicado como um processo de venda, onde o grande diferencial está nos processos internos do seu negócio. Por exemplo, equipe altamente qualificada e motivada e processos de fidelização de clientes. Em resumo, a adoção dessa técnica resulta em otimização de procedimentos que, por sua vez, geram redução de retrabalho e melhores resultados financeiros.

Quais os benefícios de trabalhar com Inside Sales?

Quanto esforço e dinheiro sua empresa já desperdiçou em processos de venda mal estruturados?

Nesse sentido, é que entra o Inside Sales, como uma estratégia onde todas as etapas de venda ocorrem dentro da empresa. Sem a necessidade de custos com visitas aos potenciais clientes, promovendo reuniões e deslocamentos desnecessários.

Dessa forma, o uso de tecnologia de ponta é fundamental. Por exemplo, aplicativos de comunicação, acesso remoto, vídeo chamadas. Com isso, etapas de sondagem, pré-venda, apresentação e negociação podem ser feitas à distância. Reduzindo drasticamente os seus custos.

Ademais, as reuniões presenciais não precisam ser excluídas das suas tarefas. Elas podem, simplesmente, tornarem-se algo para fechamentos. Ou seja, você ou algum de seus vendedores só precisará ir até a empresa do cliente quando for realmente necessário.

Como funciona essa técnica?

Para exemplificar uma aplicação dessa técnica, pensemos no seguinte caso: Você tem uma empresa de consultoria empresarial e está vendendo seus serviços e um software de gestão.

No modelo tradicional, seus vendedores iriam até as empresas que tem o perfil aproximado ao da sua persona para se apresentar e apresentar os serviços da sua empresa. Nesse caso seriam dezenas de visitas até que alguém se disponibilizasse a ouvir sua oferta. Além disso, das poucas empresas que o atendessem, geralmente, nem a metade chega a fechar negócio. Logo, o impacto no seu caixa seria negativo. Uma vez que foi despendido um considerável investimento em dinheiro e horas de trabalho com resultados pouco efetivos.

Em contrapartida, caso sua empresa adotasse o modelo de inside sales, desde a identificação do lead, sondagem de necessidades e apresentação, todo isso poderia ser feito à distância. Talvez, até mesmo por uma só pessoa.

Desse modo, é possível otimizar a gestão de tarefas, tempo e custos do seu negócio. Ademais, com rotinas cada vez mais agitadas, empreendedores desejam objetividade. Ou seja, também não querem ser interrompidos de suas atividades para ter reuniões e conhecer seus serviços. No entanto, uma vídeo conferência é muito mais eficiente, esclarece dúvidas, permite que o cliente possa atendê-lo onde e quando for melhor, promovendo mais comodidade.

Os efeitos da aplicação desta técnica, tendem a ser então, altamente positivos para ambas as partes.

3 passos para implantar o Inside Sales na sua empresa

Agora que você já sabe como funciona esse novo processo de vendas, nós compartilhamos aqui 3 passos imprescindíveis para aplicar essa técnica na sua empresa.

1. Preparar a equipe de vendas

Antes de mais nada, reúna sua equipe de vendas e apresente esse conceito a eles. É fundamental tirar todas as dúvidas e trabalhar para criar um ambiente de segurança e confiança. Afinal, seus vendedores já estavam acostumados com um formato de negócio. Nesse sentido, a preparação da equipe é fator preponderante para o sucesso do inside sales.

Trabalhe conteúdos ricos sobre esse formato de abordagem e mostre tanto à sua equipe como aos seus atuais clientes que, mais do que nunca, sua empresa está à inteira disposição para realizar atendimento dinâmicos e de qualidade.

2. Contar com a tecnologia adequada

Anteriormente, mencionamos que neste modelo, os atendimentos são realizados remotamente. Por isso, sua empresa necessitará de um serviço de internet de alta qualidade, computadores modernos, redes sociais sempre atualizadas e linhas telefônicas sempre disponíveis para prestar um bom atendimento ao seu público.

Vale lembrar que, retomando o item anterior, sua equipe de vendas deve ser treinada e estar totalmente preparada para utilizar estes recursos tecnológicos. Portanto, investir em treinamentos constantes não é gasto, é visão de longo prazo!

3. Adaptar as mudanças de forma gradual

Imagine que você já tem uma considerável carteira de clientes, mas quer reduzir custos e decide começar a trabalhar com o modelo inside sales. Ocorre porém, que os seus clientes estão acostumados a chamar e o vendedor faz uma visita. Ou existe um imaginário de que sempre que precisarem, sua equipe estará disponível para ir até a empresa do cliente X para resolver qualquer questão relacionada ao seu software ou serviços.

Isso é muito comum! Este passo deve ser observado com especial atenção. Nada de adotar essa mudança drasticamente. Reúna-se com seus vendedores e crie um planejamento ou até mesmo um cronograma para poder implementar essa nova técnica gradualmente.

E então, gostou deste conteúdo? Já está pronto para arregaçar as mangas e colocar esses conhecimentos em prática? Se quiser saber mais sobre estratégias de vendas, recomendamos a leitura do artigo: Social selling: o que significa e como pode te fazer vender mais? 

Artigos Relacionados