Guia Definitivo: Como vender Software por telefone

Guia Definitivo: Como vender Software por telefone

Se acaso você tem interesse na área de tecnologia e está pensando em empreender nesse segmento, saiba que a venda de software exige uma série de estratégias.

Uma das formas mais conhecidas é através da venda ativa, por telefone. Mas você deve estar se perguntando: como é que eu vou apresentar o meu produto ou serviço por telefone, se ninguém aguenta mais ser incomodado com tele-vendas?

Assim, para desmistificar, essa visão e mostrar que a venda por telefona pode sim ser uma boa e barata alternativa para aumentar sua oferta de serviços e, consequentemente expandir sua clientela é que criamos este guia definitivo. Nele, abordaremos os fatores necessários para que você e sua equipe realizem venda matadoras e não precisem mais sofrer visitando um por um dos seus prospects.

Fique atento às nossas dicas e encontre a alternativa certa para potencializar os seus resultados financeiros.

O telefone ainda é um meio de contato eficiente?

Antes de mais nada é necessário pensar que cada negócio tem regras próprias, que variam de acordo com a sua clientela e com o seu produto ou serviço. Nesse sentido é necessário sempre entender quem é o público que você deseja atingir e de que maneira deve abordá-lo. De forma muito mais rápida, um contato telefônico pode ser bem mais assertivo e informativo, que a troca de diversos e-mails ou mensagens através de redes sociais. Ainda assim, você não deve descartar estas outras técnicas.

O principal fator que levou as ligações ativas a terem uma má-fama foram as chamadas cold-calls (ligações frias), onde um vendedor despreparado ligava e tentava empurrar um produto ou serviço sem ao menos procurar entender as necessidades e dores desse lead.

Nesse sentido, outro fator que causava e causa bastante desconforto são os mailings comprados. Imagine que, do nada, você recebe uma ligação de uma empresa oferecendo insistentemente um produto aleatório. Além de criar um tremendo desconforto para quem é contatado contra vontade, há o fator de inconveniência. Afinal, você não está esperando aquele contato.

Diante disso, a grande questão inicial para que a venda de software por telefone seja uma estratégia eficiente é criar meios de gerar leads realmente potenciais. Seja através de conteúdo rico em seu blog e redes sociais, tentando resolver algum problema ou necessidade comum da sua persona, ou através de outras ações de marketing como pop-ups, enquetes nas redes sociais, ebook, etc.

Feito isso, agora é o momento de observar algumas dicas bem importantes para realizar ligações fechadoras de negócio:

1. Saber escutar fará você vender!

Não só de conhecer o seu produto ou a sua persona é que é feita uma venda, como também de ouvir o que o prospect tem a dizer. Uma dos grandes erros das cold-calls é a falta de empatia pela pessoa que está do outro lado da linha. O que isso quer dizer?

Basicamente, você liga com o objetivo de vender, certo? Errado! Você liga com o objetivo de entender de que maneira o seu produto se adequa à necessidade desse prospect. Portanto, é imprescindível saber ouvir. Deixe que o seu potencial cliente fale de suas necessidades, de como é o seu negócio, suas demandas diárias e minudo de todas essas informações, você terá uma base riquíssima para trabalhar os benefícios e vantagens que esse cliente terá ao adquirir a sua solução.

2. Você não está vendendo, está resolvendo um problema

Por falar em solução, em hipótese alguma ligue com a mentalidade de quem quer vender, vender e vender. O caminho mais adequado para realizar vendas eficientes e que agreguem valor ao cliente é não ofertar produtos ou serviços, mas sim soluções.

Ninguém quer um amontoado de códigos por um preço X. As pessoas querem praticidade, querem ganhar tempo, querem descomplicar a rotina, querem aproveitar a vida com quem gostam. Cure angústias e dores de cabeça com soluções inteligentes. Isso fecha vendas. Sistemas, softwares, programas, são ferramentas, são recursos, são oportunidades de transformação. É nisso que você precisa trabalhar!

E claro, demonstre que todos esses benefícios terão um impacto financeiro altamente positivo ao negócio do seu cliente! Em resumo, todo mundo quer ser feliz e ganhar dinheiro!

3. Crie um compromisso com o cliente

Atenção! Criar compromisso não é ficar importunando o cliente!

Se você respeitar todos os passos de uma venda, como: sondagem de pré-venda, apresentação, diálogo, retirada de dúvidas… é chegado o momento de criar um compromisso com o seu lead. Agora ele já deve ter uma sólida maturidade e estará em um estágio do funil de vendas em que fechar negócio é a opção certa.

Mas para isso, é necessário demonstrar certa firmeza. Até porque vocês não estarão frente a frente, o que torna muito mais fácil cair no esquecimento ou que a pessoa não se sinta mal em simplesmente não lhe atender mais.

Desse modo, é fundamental trabalhar a consciência desse cliente, demonstrando que você se dedicou atentamente às necessidades dele até aquele momento. Logo, ele tem um compromisso, ainda que imaginário, de pensar na sua proposta e lhe dar um retorno consistente.

4. Respeite o tempo do lead

Uma vez que sejam bem trabalhadas todas as abordagens anteriores, é o momento de entender que cada pessoa tem seu tempo para pensar, analisar e tomar sua decisão.

Por isso, crie um vínculo com a pessoa que você está atendendo e respeite seu tempo para analisar todos os fatores da negociação. Entenda que se você já cumpriu todas as etapas de venda, há um espaço, uma espécie de intervalo em que o cliente precisará colocar na balança as necessidades versus o investimento, as prioridades da empresa, etc.

Dessa forma, nossa dica é que você crie um acordo com o cliente, de que lhe permitirá pensar em tudo que foi apresentado e negociado, deixando marcado um novo contato em determinado prazo.

Esse passo é muito importante, uma vez que dá seriedade ao seu trabalho e afasta a noção de que você está ansioso forçando um fechamento.

Por fim, cabe dizer que seguir estes passos desconstrói essa visão negativa instituída de que vendas por telefone são processos sem credibilidade.

Conheça o Venda ERP

Agora que você já conhece estes passos é chegado o momento de conhecer a proposta do Venda ERP.

O Venda ERP é uma poderosa oportunidade de gerar valor aos seus clientes e lucrar através da revenda de um sistema ERP online pronto, white label, onde você pode colocar a sua marca e definir a margem de lucro dos seus ganhos recorrentes da franquia.

Artigos Relacionados