Como montar uma apresentação para enviar aos seus clientes potenciais

Como montar uma apresentação para enviar aos seus clientes potenciais

Antes de mais nada, é importante entender que mesmo que você não tenha uma empresa voltada especificamente para marketing digital, qualquer negócio precisa cuidar da forma como se apresenta a seus prospects e clientes.

Prospectar novos clientes, gerar visibilidade para o seu negócio, seja um produto, serviço ou gerar reconhecimento de marca, exige dedicação. Nesse sentido, em uma era de difusão tecnológica, apresentações virtuais que possam ser enviadas facilmente por e-mail ou WhatsApp aos seus clientes são ferramentas essenciais.

Pensando na ampliação do seu portfólio de produtos e serviços ou mesmo em quem está abrindo um negócio totalmente digital e não sabe por onde começar, é que preparamos este artigo.

Nele, compartilhamos alguns elementos fundamentais para a sua apresentação de negócio. Além disso, disponibilizamos um modelo totalmente editável, que pode ser baixado gratuitamente e adaptado às necessidades da sua empresa. Simplificando essa tarefa inicial de marketing e poupando investimentos.

Ficou interessado? Confira nossas dicas!

O que não pode faltar em uma apresentação comercial?

Por certo, se essa é sua primeira apresentação de modelo de negócio ou de produto, surgirão diversas dúvidas. Por isso, elencamos alguns dados importantes para que a sua apresentação tenha um aspecto bem profissional, transparecendo a seriedade da sua empresa, bem como esclarecendo todas as dúvidas e destacando benefícios aos seus prospects. É sempre bom lembrar que esse tipo de abordagem mais consultiva pode ser aplicada tanto nas relações B2B como B2C.

Dados de Contato

Não! Não é nenhuma novidade, mas muitas empresas pecam em não repetirem seus dados de contato ao longo da apresentação. É aí que mora um grande equívoco. Diversos estudos apontam que o consumidor precisa ter contato com a sua marca pelo menos 7 vezes para reconhecê-la.

Além disso, é interessante que em todas as páginas haja formas de entrar em contato com você, pois imagine que esse prospect está lendo sua apresentação e identifica algo de seu interesse. Será que vale a pena fazê-lo ir atrás do seu contato e correr o risco de que ele se esqueça ou perca o interesse?

Pense sempre em facilitar a conexão com todo o seu público.

Crie um cenário

Você deve estar se perguntando “como assim um cenário?”

A resposta é muito simples. Você não pode simplesmente chegar no seu prospect e lhe dizer que ele deve comprar o seu produto. É importante construir um cenário de necessidade que demonstre uma situação, criando uma identificação com quem está lendo o seu material de marketing.

Por exemplo, no caso da venda de software ERP, é natural criar um cenário de enfrentamento da burocracia do dia a dia de empreendedores. Ou mesmo da dificuldade de se ter acesso a informações ou conciliar os cadastros físicos, feitos em papel ou lançados em planilhas.

Uma vez que o seu prospect tem consciência que, de fato, tem uma demanda, aí sim a sua proposta ganha mais relevância, começa a fazer sentido.

O que eu ganho com isso?

Quando o prospect já passou pela etapa de identificação de um problema ou demanda, é chegado o momento de trabalhar as vantagens.

Por óbvio, você, eu e todos os seus prospects sabem que o seu produto não é o único no mercado para resolver uma determinada demanda. Nessa lógica, é importante abordar benefícios que destaquem o seu negócio em relação aos demais.

E hoje, mais que preço e condições de pagamentos, recursos extra, facilidades centralizadas, onde não haja a necessidade de usar diferentes soluções para resolver várias questões pode ser um grande trunfo.

Com essas informações bem claras, que tal montar sua própria apresentação?

E então, gostou desse conteúdo? Quer mais dicas de marketing e empreendedorismo? Siga acompanhando os nossos canais de conhecimento!

Até a próxima!

Artigos Relacionados