5 Técnicas de vendas que vão transformar sua empresa em 2020

5 Técnicas de vendas que vão transformar sua empresa em 2020

No segmento de vendas, reinventar-se é palavra de ordem. Buscar entender em que medida você pode criar estratégias novas para sondagem, abordagem e fechamento de bons negócios, é primordial para alavancar os resultados financeiros da sua empresa.

Por isso, pensando em levar a você técnicas de vendas cada vez mais assertivas, é que desenvolvemos este poderoso artigo. Nele, abordamos 5 técnicas baseadas na neurociência, para ter resultados de alta performance. Confira!

O que a neurociência tem a ver com Gestão de Vendas?

Seria muito prático se para vender o seu software, você simplesmente pudesse ligar um botão de compra na cabeça dos seus clientes. Não é mesmo? E o que aconteceria se eu lhe dissesse que esse botão existe mesmo?

No bestseller Neuromarketing: Understanding the Buy Buttons in Your Customer’s Brain (Neuromarketing: entendendo os botões de compra do cérebro do seu cliente), Cristophe Morin revela que há gatilhos mentais que despertam o desejo e auxiliam no processo de persuasão de clientes para o fechamento de bons negócios.

Que tal descobrir quais são esses gatilhos?

1 – Influenciar

Se acaso você trabalha com vendas, já deve estar cansado de saber que o seu objetivo principal deverá sempre ser o de influenciar pessoas. Nesse sentido, usar e abusar de estratégias de marketing digital é elemento certeiro para impactar cada vez mais pessoas e empresas. O uso consciente e bem elaborado de estratégias de marketing cumpre uma função bem clara, a de potencializar a sua capacidade de gerar influência.

No entanto, muito se engana quem acha que influência e popularidade são equivalentes. Usar campanhas, anúncios e todo tipo de veículo de marketing como meio para divulgar sua empresa é uma coisa. Criar relação com sua persona ou público-alvo é outra totalmente diferente. Por isso, não caia no erro de confundir essas duas premissas.

Saiba que para gerar influência que resulte em vendas, é necessário não apenas a popularidade. Ou seja, não adianta apenas o público saber que a sua empresa ou que a sua marca existe. É preciso agregar valor e nutrir uma relação com essa persona, para poder influenciá-la na decisão de compra.

Quer saber mais sobre mais sobre argumentos e termos que podem impulsionar as suas vendas? Leia nosso artigo: Saiba quais são as palavras mágicas para vender mais.

2 – Vender-se

Não só vender um produto ou serviço, mas também vender você mesmo é tarefa de um bom vendedor.

Considerando os gatilhos mentais e todo o conhecimento em neurociência e psicologia, é importante levar em conta que a credibilidade investida em você será decisiva para o fechamento do negócio. Você compraria a ideia de alguém em quem não confia? Certamente, não!

Por isso, a sua missão para realizar bons negócios é fazer com que o cliente, antes de propriamente comprar o que você está oferecendo, deve comprar a sua ideia, o seu conhecimento e acreditar no que você diz (tanto em termos de argumentos, como na sua linguagem corporal).

3 – Diferenciar características e benefícios

Sem dúvida, essa dica já passou por muitos de nossos artigos. Estudos de neurociência aplicados em diversos países apontam para um só resultado: clientes compram benefícios, não características.

As maiores qualidades do seu software, por exemplo, não são a linguagem que foi utilizada para desenvolvê-lo, nem os super servidores da Amazon em que ele está armazenado. O que faz despertar o interesse dos consumidores e, efetivamente, gere vendas, é o fato de gerar facilidades no dia a dia dos seus clientes.

Modernizar rotinas e automatizar processos, permitindo que pessoas tenham mais tempo para fazer o que gostam e não precisem mais estar por horas trabalhando em cima de relatórios ou calculando lançamentos é vantagem. E são as vantagens que fazem com que uma necessidade se fortaleça e os clientes desejem comprar de você.

Ficou em dúvida entre o que é Característica e o que é benefício? A resposta é simples: característica é como o seu produto é e o que ele faz; já o benefício é o que o cliente tem a ganhar ao adquirí-lo. Entende a diferença? Então, é hora de aplicar essa estratégia nas suas vendas!

4 -Vender resultados

Anteriormente, falamos sobre a venda de benefícios. Nessa mesma linha, abordaremos a venda de resultados.

Essa é uma dica bastante importante. Afinal, independente do segmento ou dos processos adotados, todos queremos resultados positivos. E se possível, o mais rápido que puder!

Desse modo, as provas sociais são fundamentais para agregar valor ao seu produto ou negócio. É como as fotos de antes e depois de quem emagreceu com algum shake milagroso. Essa prova social, impulsiona as vendas. E sabe por quê? Porque a maioria das pessoas é visual. Seus clientes querem ver os resultados do produto ou serviço que estão contratando.

Assim, para que suas vendas saiam ainda melhores, procure os seus clientes bem atendidos e satisfeitos com a sua empresa, para criar provas sociais contundentes: vídeos, fotos, artigos. E compartilhe tudo isso nas redes sociais da sua empresa. Logo, quando alguém pesquisar sobre o seu negócio, poderá facilmente encontrar pessoas que compraram de você e estão satisfeitas com essa compra. Acredite, os resultados têm um poder impressionante!

E por falar em prova social, compartilhamos aqui o vídeo de um de nossos parceiros. Confira!

5 – Criar confiança

Por fim, a tão difícil de ser conquistada: a confiança. Quando falamos em criar confiança em vendas, não estamos dizendo que você deve se tornar confidente dos seus clientes. Longe disso!

A confiança em vendas está ligada a estabelecer uma ponte de empatia e conhecimento, sabendo como abordar e ouvir as dores e necessidades da sua persona. Estabelecendo relações de confiabilidade, os consumidores terão uma comunicação mais aberta com você. O que lhe renderá mais subsídio para estabelecer um diálogo de vendas claro e assertivo. Você estará por dentro daquilo que o seu cliente espera e quer. E o cliente, se sentindo seguro, saberá que poderá recorrer a você sempre que precisar. Ou seja, além de fechar uma venda, com confiança, você gerar recorrência e indicações. Vale a pena investir em nutrir essa relação!

Pronto para colocar essas estratégias em prática? Gostou desse conteúdo? Quer saber mais sobre estratégias de vendas? Recomendamos a leitura do artigo: Como derrubar o fantasma do desconto? 

Artigos Relacionados